Acessórios para pacientes com câncer

Mais de 800 chapéus, lenços, toucas e gorros foram entregues pelo GDF à Rede Feminina, que presta serviço voluntário no Hospital de Base

Acessórios para pacientes com câncer

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília vai doar mais de 800 chapéus, lenços, toucas e gorros para cerca de 400 pacientes atendidas pela Unidade de Oncologia do Hospital de Base (HB), administrado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Os acessórios foram arrecadados em uma campanha realizada durante o Outubro Rosa pelo Escritório de Assuntos Internacionais do Governo do DF.

“A luta de um paciente de câncer é muito grande. E nossa missão é apoiar. Cada acessório doado tem o amor e a energia de todos vocês”, disse a coordenadora da Rede Feminina, Vera Lúcia Bezerra, ao agradecer pela ajuda. A instituição, sem fins lucrativos, atua dentro do Hospital de Base desde 1996, por meio de voluntários que oferecem acolhimento, apoio emocional e orientações sobre o tratamento contra o câncer.

A chefe do Escritório de Assuntos Internacionais da Governadoria, Renata Zuquim, destacou a importância da solidariedade. “Minha mãe foi paciente de câncer de mama, e a família inteira sofre”, relatou. “Depois que vem a vitória, a gente tenta olhar para as outras pessoas que passam por isso.”

O superintendente do HB, Lucas Seixas, ressaltou que, com a pandemia, as atenções se concentraram nos pacientes com coronavírus, mas que o hospital manteve os cuidados com doentes que enfrentam outras enfermidades, como o câncer. “Fico emocionado ao ver o trabalho obstinado das pessoas para minimizar diariamente as dificuldades do tratamento oncológico”, afirmou.

Visita às instalações

Depois da entrega das doações, Vera Lúcia, a “Verinha”, apresentou às representantes do GDF as instalações do Hospital de Base destinadas ao tratamento de câncer e aos voluntários da Rede Feminina.

Elas visitaram o salão de beleza para pacientes de câncer e familiares, construído no jardim do Hospital de Base. O grupo também foi à sala de perucas e próteses mamárias artesanais e ao centro de quimioterapia, onde alguns acessórios foram entregues.

Uma das pacientes que recebeu um lenço e um chapéu foi Maria dos Santos da Silva, de 55 anos. Moradora do Itapoã, ela se recupera de um câncer no cérebro. “É muito bom para a autoestima. A gente se sente abraçado nesses momentos, porque o tratamento é longo e, algumas vezes, ficamos sozinhos”, disse Maria, que ganhou uma peruca no mês passado, em outra ação da Rede Feminina.

Campanha Outubro Rosa

A campanha para reunir adereços femininos começou em 21 de outubro — data conhecida internacionalmente como Dia do Laço Rosa — e seguiu até 6 de novembro. Foram dois pontos de coleta: uma caixa cor-de-rosa no Anexo do Palácio do Buriti e outra na Estação 102 Sul do metrô de Brasília.

A iniciativa, feita em alusão ao Outubro Rosa — mês de conscientização para a prevenção do câncer de mama —, contou com a parceria da Secretaria da Mulher e da Secretaria de Economia, por meio da Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida. Os órgãos mobilizaram os servidores de todo o GDF para que as doações ocorressem.

Ajude a Rede Feminina

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília recebe contribuições diversas, como roupas, calçados, perucas, brinquedos, livros e cestas básicas.

Doações em dinheiro podem ser feitas por transferência bancária para a agência 4595-0, conta corrente 11.310-7. Mais informações pelo (61) 3315-1221 ou pelo (61) 98580-4019.

AGÊNCIA BRASÍLIA

* Com informações do Iges/DF

Qual é a sua reação?

like
0
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0