sexta-feira ,27 Abril 2018
Home / Noticias / Cármen Lúcia estuda modelo permanente de mutirões carcerários

Cármen Lúcia estuda modelo permanente de mutirões carcerários

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, está em busca de uma alternativa duradoura aos mutirões carcerários organizados pelo Conselho Nacional de Justiça.

No encontro que comandará na manhã desta quinta-feira (12) com presidentes dos 27 tribunais de Justiça dos estados e do Distrito Federal, a ministra tentará encontrar uma nova fórmula para garantir de forma permanente a revisão das prisões e, com isso, ajudar a diminuir a lotação do sistema carcerário.

A reunião com os presidentes dos TJs foi antecipada depois dos massacres ocorridos em presídios do Amazonas e de Roraima. Na semana passada, Cármen Lúcia esteve em Manaus para se encontrar com autoridades do Judiciário da Região Norte e do Maranhão e do Rio Grande do Norte.

Avaliação reservada de integrantes do Supremo é de que o modelo de mutirões carcerários, que surtiu um bom efeito na gestão do ministro Gilmar Mendes, sofreu uma interrupção nos últimos anos.

A ministra Cármen Lúcia também tem insistido na necessidade da realização de um censo penitenciário, já que os dados atuais não são confiáveis.

Você pode Gostar de:

Terapia genética contra o câncer: estudos mostram boas taxas de remissão, mas fortes efeitos colaterais

Pesquisadores “treinam” células de defesa para combater o tumor. Uma das investigações foi feita em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *