quinta-feira ,18 Janeiro 2018
Home / Saúde / Em vídeo, brasiliense deixa Rollemberg constrangido ao questionar suposto esquema de propina no GDF

Em vídeo, brasiliense deixa Rollemberg constrangido ao questionar suposto esquema de propina no GDF

Elio Rizzo/Cedoc

 

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, passou por uma saia justa na noite dessa quinta-feira (21), enquanto inaugurava a nova iluminação da pista de corrida e da ciclovia do Parque da Cidade. Na ocasião, o chefe do Executivo local foi abordado por uma mulher que questionou o suposto esquema de propina envolvendo a Secretaria de Saúde e de Fazenda do DF. O encontro foi registrado por meio de vídeo.

Nas imagens é possível ver a cidadã com o governador em uma suposta tentativa de tirar uma selfie. No entanto, ao invés da foto, a mulher dispara a pergunta: “E a propina de 10% para implantar organizações sociais (OSs)?”. Visivelmente desconcertado, Rollemberg afirma que não tem propina envolvendo o GDF e que está trabalhando para melhorar a saúde do Distrito Federal. “Quero que ela prove. Você vai ver o que vai acontecer com a Marli; vou dialogar com ela na Justiça”, concluiu.

Entenda

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, acusou o governador Rodrigo Rollemberg de ser o autorizador da distribuição de propinas no GDF. Segundo ela, o vice-governador Renato Santana afirmou que o chefe do Executivo local sabia da cobrança de 10% de propina nos contratos da Fazenda.

Ela também entregou um suposto fluxograma da propina na Secretaria de Saúde, entregue aos deputados, que demonstraria que os recursos seriam em parte controlados pelo governador e em outra, pela primeira-dama Márcia Rollemberg.

Em entrevista ao Jornal de Brasília, Rollemberg classificou como espuma as denúncias da sindicalista.

Você pode Gostar de:

Meninos já podem se vacinar contra HPV no SUS; veja mudanças na vacinação

Vacina protege contra câncer de pênis, garganta, ânus e verrugas genitais nos homens, além de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *