terça-feira ,22 outubro 2019
Home / Cidades - DF / Inaugurada nova unidade da Agência do Trabalhador

Inaugurada nova unidade da Agência do Trabalhador

Novo posto, que fica na na Câmara Legislativa do DF, terá atendimento de segunda a sexta-feira, em expediente integral

A instalação do novo espaço é fruto de parceria entre a Secretaria de Trabalho e a CLDF / Foto: Silvio Abdon/CLDF

Os cidadãos do Distrito Federal contam com mais uma unidade da Agência do Trabalhador, que funcionará a partir desta segunda-feira (1º), das 8h às 18h, na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).  Por meio do Sistema Integrado Nacional do Emprego (Sine), a agência atua como intermediadora de mão de obra.

A instalação dessa nova unidade é resultado de parceria entre a CLDF e a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), com o objetivo de contribuir para combater o desemprego.

Durante a solenidade, o secretário de Trabalho do DF, João Pedro Ferraz Passos, destacou: “A Câmara Legislativa está estendendo a mão, trazendo esperança a quem está em situação de desemprego”. Passos reforçou o compromisso da CLDF em “qualificar, preparar, intermediar e, sobretudo, acolher a população sem emprego”.

O presidente da CLDF, deputado Rafael Prudente, endossou: “O nosso desejo é que este seja um local que traga boas notícias. Estamos aqui para contribuir”. Parente também falou sobre a importância das políticas públicas implantadas pelo Executivo para a obtenção de êxito nesse campo.

Políticas púbicas

“Diariamente, cidadãos batem à porta da Casa à procura de emprego”, comentou o vice-presidente da CLDF, deputado Delmasso, que defende a instalação de “espaços de serviço” na sede do Legislativo local. “Podemos contribuir com as políticas públicas voltadas para essa séria questão”, resumiu o segundo secretário da Casa, deputado Robério Negreiros.

Presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo, o deputado José Gomes também enalteceu a iniciativa, reforçando tratar-se de uma necessidade reivindicada pela população. Diante dos dados recentes do IBGE, que apontam um número superior a 13 milhões de desempregados no país, o distrital afirmou ser necessário “criar ferramentas para auxiliar as pessoas a voltarem ao mercado de trabalho”.

Com informações da CLDF

Você pode Gostar de:

Primeira-dama do DF coordenará Projeto Humanizar, que personaliza atendimento de saúde

Iniciativa do IGESDF consiste em colocar monitores nas recepções das UPAs e hospitais do instituto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *