sexta-feira ,15 dezembro 2017
Home / Noticias / Ludmilla sofre ataque racista na web e diz que vai processar: ‘Vou até o fim’

Ludmilla sofre ataque racista na web e diz que vai processar: ‘Vou até o fim’

Empresário da cantora, que pediu indenização de R$ 300 mil a Val Marchiori por comentário racista, denunciará caso na DRCI

 

2c4juf8ujmden55nasmy138x5

Ludmilla
Foto: Ag. News

Rio – Após processar a socialite Val Marchiori por comentários racistas e exigir indenização de R$ 300 mil, Ludmilla voltou a sofrer com o preconceito e foi vítima de racismo em seu perfil no Instagram. A denúncia partiu da própria cantora, que fez um desabafo na rede social, na manhã desta segunda-feira.

“Alguma autoridade pode me ajudar a identificar esse homem? Não é a primeira vez que ele faz isso. Já até bloqueei ele, mas ele continua falando essas coisas em outros instas por aí. Que ódio, só quero a justiça e nada mais. Nessa eu vou até o fim”, desabafou a cantora ao divulgar imagens de um internauta que a chamou de “criola”, “macaca” e “nojenta”.

Em resposta ao internauta, Ludmilla disse: “Racista, filho da infeliz. Já não é a primeira vez que você comete esse crime comigo na internet. Agora é questão de honra e vou até o final pra ver você pagar por isso!”

‘MAL-ENTENDIDO’

Depois que Ludmilla denunciou o caso, o perfil do internauta no Instagram começou a ser denunciado pelos fãs da cantora. O homem fez um apelo na rede social: “Parem de me denunciar. Foi um mal-entendido”. Ele publicou ainda um aviso na rede social, onde explica: “Tudo acontecido foi causado por um pequeno mal entendimento já tive que apagar os (sic) postos para não me confrontarem pessoalmente não me levem a mal abraços”.

Ainda assim, o empresário da cantora decidiu formalizar uma denúncia junto à Polícia Civil. Alexandre Baptestini vai nesta segunda-feira à Delegacia de Repressão Contra Crimes de Informática (DRCI), na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, Zona Norte do Rio.

Segundo ele, o internauta que fez os comentários racistas já foi identificado por um segurança da cantora, que é policial federal. “Ele a seguia no Instagram e estava falando um monte de besteiras… Como tinha em seu perfil fotos com pessoas conhecidas nossas, ficou fácil descobrir quem ele era”, disse Alexandre.

Fonte:odia.ig.com.br/

Você pode Gostar de:

STF decide que estrangeiro tem direito a receber benefício social do INSS

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (20) que estrangeiros com residência permanente no Brasil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *