sexta-feira ,15 dezembro 2017
Home / Cidades - DF / Protesto contra aumento em tarifas no DF fecha EPTG com pneus queimados

Protesto contra aumento em tarifas no DF fecha EPTG com pneus queimados

Manifestantes estenderam faixa em que pedem ‘vida sem catracas’. Ato gerou engarrafamento de seis quilômetros de extensão.

Faixa erguida em passarela da EPTG durante protesto que fechou parte da EPTG (Foto: Arquivo Pessoal)

Manifestante colocam fogo em pneus e fecham EPTG

Manifestantes bloquearam a EPTG na manhã desta terça-feira (10) queimando pneus em protesto contra o aumento da tarifa de ônibus no Distrito Federal. O ato foi no sentido Plano Piloto, na altura do Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA). No protesto, foi estendida uma faixa em cima de uma passarela onde podia ser lido “Por uma vida sem catracas”.

De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas colocaram os pneus na via, atearam fogo e fugiram. O grupo não foi identificado. Na internet, o Movimento Passe Livre reivindicou a autoria do ato. “Hoje [nesta terça] interrompemos o trânsito na EPTG para lembrar de todas e todos que agora tem seu direito de ir e vir impedido por conta desse absurdo aumento de passagens”, disse o grupo.

“Não nos calaremos até que o governo reveja essa medida que só beneficia os empresários do transporte, sem questionar seus lucros, fraudes e privilégios. A solução para o transporte coletivo não passa por aumentos constantes de passagem ou pelo corte de direitos como o passe livre, como a CLDF [Câmara Legislativa] propõe. A solução para os transportes é a tarifa zero, financiada pelos mais ricos, gerida por comitês populares, executada por empresas públicas , com segurança para rodoviários e rodoviárias”, continuou a nota.

A manifestação gerou reflexo no trânsito. Às 8h, o motorista enfrentava engarrafamento de seis quilômetros, andando com velocidade média de 10 km/h. Segundo os bombeiros, o fogo já tinha sido apagado por volta das 8h20. A pista foi reaberta às 8h26.

 “Estava passando de ônibus quando eles pararam dois carros de uma vez, bruscamente. Subiram na passarela e colocaram a faixa. Colocaram pneus na rua e atearam fogo. Eles estavam vestidos de preto e tampavam o rosto”, afirmou a leitora Danielle Christini.

“Como [o ônibus] estava na marginal, conseguimos passar, porque eles bloquearam a via principal. Logo em seguida, na mesma hora, veio uma viatura da DER no sentido contrário para ver o que estava acontecendo”, continuou Danielle.

A Estrada Parque Taguatinga (EPTG) ou DF-085 sai de Taguatinga e passa pelo Guará, sentido Plano Piloto. A via liga a Epia e a Epig ao centro de Taguatinga. Tem três faixas de rodagem em cada sentido, e velocidade média de 80 km/h, com trechos de menor velocidade devido a interrupções por semáforos.

Manifestantes ligados ao Movimento Passe Livre erguem faixa na EPTG; ao fundo, pneus são queimados (Foto: Movimento Passe Livre/Divulgação)

Manifestantes ligados ao Movimento Passe Livre erguem faixa na EPTG; ao fundo, pneus são queimados (Foto: Movimento Passe Livre/Divulgação)

Reajuste
Em 2 de janeiro, os valores das tarifas no DF passaram de R$ 2,25 para R$ 2,50 nas linhas circulares e alimentadoras do BRT (alta de 11%); R$ 3 para R$ 3,50 (aumento de 16%) em linhas metropolitanas “curtas”; e de R$ 4 para R$ 5 (reajuste de 25%) no restante das linhas, de longa distância, entre regiões administrativas, e do metrô.

Você pode Gostar de:

Seminário debate políticas para melhorar a segurança pública no País

Conferência de encerramento ocorreu na tarde desta quarta-feira (21) no Instituto Brasileiro de Direito Público, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *