domingo ,22 Abril 2018
Home / Economia / Seguro-desemprego tem reajuste de 6,58% e maior parcela passa a R$ 1.643,72

Seguro-desemprego tem reajuste de 6,58% e maior parcela passa a R$ 1.643,72

Benefício foi reajustado pela variação do INPC em 2016, que foi de 6,58%. Novos valores valem para o ano de 2017.

O Ministério do Trabalho informou nesta sexta-feira (12) que o valor da maior parcela do seguro-desemprego, paga a trabalhadores que ganhavam salário mais alto, aumentou de R$ 1.542,24 para R$ 1.643,72, uma diferença de R$ 101,48. O novo valor valerá para o ano de 2017.

O reajuste das parcelas do seguro-desemprego é feito todos os anos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. Em 2016, o INPC acumulou alta de 6,58%.

De acordo com o Ministério do Trabalho, a correção é válida para os benefícios pagos a todos os brasileiros demitidos sem justa causa, pescadores artesanais em período de defeso, trabalhadores resgatados em condições análogas à de escravo e aqueles que tiveram o contrato de trabalho suspenso (lay-off).

O valor do seguro-desemprego é definido com base em uma tabela com três faixas salariais: a) até R$ 1.450,23; b) entre R$ 1.450,24 e R$ 2.417,29; c) acima de R$ 2.417,29. Recebe o valor mais alto do benefício (R$ 1.643,72) quem se enquadra na última faixa.

O valor mínimo do benefício é equivalente ao salário mínimo, que em 2017 passou para R$ 937,00.

Você pode Gostar de:

Preço da gasolina fecha 2016 a R$ 3,755, aumento de 3,3%, abaixo da inflação

Valor praticado na última semana do ano caiu após três altas seguidas; etanol foi o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *