Teto da rodoviária passa por reforma

Laje da cobertura do pavimento superior passará por um amplo serviço de impermeabilização; investimento de R$ 1,2 milhão

Teto da rodoviária passa por reforma

Os trabalhos do GDF na Rodoviária do Plano Piloto não param. Um dos mais importantes, a impermeabilização de parte do teto da plataforma superior, deu mais um importante passo. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), responsável pelos trabalhos, está na fase final de homologação da empresa vencedora do edital, que se prepara para iniciar a obra. O investimento total será de R$ 1,2 milhão.

O serviço que será executado protege as estruturas contra líquidos e vapores, prevenindo infiltrações e deterioração do forro, além de manter a construção segura. Ao todo, serão impermeabilizados mais de 2,7 mil metros quadrados de laje.

Em um primeiro momento, a Novacap vai demolir todo o revestimento e o sistema de impermeabilização já existente e substituir por um novo em toda a cobertura. Além disso, também serão recompostos os 216 metros quadrados de forros danificados, feitos de drywall.

Outro serviço será a execução de novas descidas de águas pluviais do sistema de drenagem da laje, além da recomposição pontual de alguns pisos por causa desta estrutura. Por fim, o acabamento com uma nova pintura em pontos que se faça necessário.

O administrador da Rodoviária do Plano Piloto, Josué Martins, avalia que a obra é muito importante e dá prosseguimento a um cuidado que o GDF assumiu com o local. “A Rodoviária passou por uma grande obra em 2019, e agora fazemos essa outra licitação para resolvermos esse problema definitivamente”, afirma.

O diretor-presidente da Novacap, Fernando Leite, concorda com a relevância do serviço que será iniciado em breve: “Essa obra tem uma importância muito grande por resolver definitivamente esta situação na Rodoviária, um local que é o coração de Brasília e que merece receber toda a atenção do governo”.

Além das reformas estruturais, a Rodoviária do Plano Piloto possui também um centro de comando móvel da PMDF responsável por acompanhar 45 câmeras de videomonitoramento espalhadas por todo o local. O GDF também está promovendo estudos para a concessão da gestão de todo o complexo.

“Essa proposta da parceria vem para nos ajudar a dar uma condição de excelência para a Rodoviária. São sete mil trabalhadores, mais os 750 mil usuários flutuantes que passam por aqui todo dia. Vai contribuir com o desenvolvimento do DF, inclusive da área central de Brasília”, destaca o administrador da Rodoviária.

Qual é a sua reação?

like
0
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0