quinta-feira ,18 Janeiro 2018
Home / Noticias / Última cantata festiva da Orquestra Sinfônica emociona público na Torre de TV

Última cantata festiva da Orquestra Sinfônica emociona público na Torre de TV

Apresentação desta sexta-feira (23) encerra agenda do grupo em 2016. O governador Rodrigo Rollemberg prestigiou o evento

Rita de Cássia Santana, de 52 anos, é apaixonada por música. “É a linguagem que todos os povos entendem.” Ela, as filhas, o genro e a neta tiraram a noite desta sexta-feira (23) para prestigiar pela primeira vez as cantatas festivas da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, na Torre de TV. “A sociedade está precisando de mais eventos assim, que mexem com a alma das pessoas”, disse a moradora da Asa Sul.

Encerra-se na noite desta sexta-feira (23) as cantatas festivas da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, na Torre de TV
Encerra-se na noite desta sexta-feira (23) as cantatas festivas da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, na Torre de TV. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

O espetáculo encerra a agenda de 2016 da Orquestra Sinfônica, que, desde o dia 15, se apresenta no local. O governador Rodrigo Rollemberg prestigiou a última apresentação do ano. “Linda, delicada e apropriada para um momento como este, de renovação de nossas esperanças de construir uma cidade mais amorosa”, disse o chefe do Executivo local.

Os músicos foram acompanhados pelo Coral Toccata, formado por 18 vocalistas. A execução teve arranjos especiais para coro e orquestra, sob regência do maestro titular Cláudio Cohen.

No repertório, clássicos de Natal, como Jingle Bells RockO Quebra-Nozes e trilhas de filmes com a temática das festas, como O Expresso Polar (2004) e Esqueceram de Mim (1990)

Você pode Gostar de:

STF decide que estrangeiro tem direito a receber benefício social do INSS

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (20) que estrangeiros com residência permanente no Brasil …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *